pinocchio-1000x750

Mentiras – por Maurício Ferreira

RAPAZ

Não busco mais o amor. Meu coração? Já nem sei mais. Isso é bobagem! Bullshit! Não importa, esse tipo de amor é um sentimento inventado para os fracos se perderem e nunca mais se acharem.

Esse tipo de amor já não machuca mais o meu coração, já não penso mais em quem um dia amei e parar de pensar nele foi fácil, a vida é feita de escolhas, escolhi não mais amar.

A vida me mostrou outras possibilidades: Grindr, Tinder, Scruff, Sauna, Banheirão. São tantas as possiblidades de ser feliz, porque as pessoas ainda insistem em amar? “Sexo, drogas e rock and roll”, quem disse que essas são as três coisas essenciais da vida foi um gênio!

Porque amar? Nem sei mais! Meu coração? Deixei com quem acreditei um dia ser o amor da minha vida e se você quiser saber do meu coração pergunte a ele, pois dele, já nem sei mais.

 

 

Texto escrito no Workshop de Compartilhamento “Amor e Violência – Funarte” – Outubro/2016

Maurício Ferreira

“Menino amarelo da barriga azul, sempre com pressa de ser feliz!”