cristina santos

Noite – por Cristina Santos

A serpente espreita a presa. A samambaia gira. 
O quadro despenca. A coruja com as espadas 
de São Jorge, aguarda e guarda sua aura. A lua 
pisca, o mundo cai. E eu, desfaleço.

 

 

Imagem: Alexandra Levasseur

Cristina Cris

Atriz, Diretora e Escritora; acredita que a poesia está em todos os lugares, basta apenas olhar com o coração; fã incondicional de gatos e chocolate quente!